Prefeitura Municipal de São Lourenço da Mata A cidade do Pau-Brasil.

Histórico

Um pouco da história da capital do Pau-Brasil.

A Cidade

São Lourenço da Mata pode ser considerada uma das cidades mais antigas do Brasil. Os registros históricos remetem a presença de índios Tupinambás que ocupavam terras ao longo dos Rios Capibaribe e Beberibe por volta do ano de 1554. Nesse mesmo período, os índios disputavam as terras que ocupavam com colonizadores portugueses, que se sobressaíram na luta contra os nativos e conseguiram se estabelecer na região para explorar o pau-brasil.

Há registros de que em 1540 foi construída na cidade a segunda Igreja mais antiga do país, a Igreja de Nossa Senhora da Luz. Erguida inicialmente como Capela, e apesar de ter sofrido algumas reformas ao longo desses anos, ela ainda conserva elementos arquitetônicos do século XVI que encantam os observadores e turistas. Mais adiante, em 1621 foi erguida a Capela que deu lugar a atual igreja matriz, que homenageia a São Lourenço, o padroeiro da cidade.

A ocupação inicial de São Lourenço da Mata esteve atrelada a extração do pau-brasil. No final do século XVI, começaram a surgir os primeiros engenhos de cana-de-açúcar, que tornaram-se a principal fonte de renda do local durante muitos anos. Durante o período da invasão holandesa em Pernambuco (1630-1654), o município também foi palco de disputas.

Por volta de 1635, os portugueses que ocupavam a região conseguiram expulsar os holandeses que espreitavam o cultivo da cana-de-açúcar. Até 1775, São Lourenço era apenas um distrito subordinado aos municípios de Recife e Paudalho. A denominação São Lourenço da Mata surgiu em 1884, quando o distrito foi elevado à categoria de vila. O município só passou a ser instalado a partir do dia 10 de janeiro de 1890. Conhecida nos últimos anos como a “Capital Nacional do Pau-Brasil”- título conferido pela Fundação Nacional do Pau-Brasil -, a cidade recebe o título por possuir a maior reserva nativa da planta uma área de 776 hectares, que abriga milhares de pés de pau-brasil.

EMANCIPAÇÃO POLÍTICA

Até 1775, São Lourenço da Mata era apenas um distrito subordinado aos municípios de Recife e Paudalho. A emancipação da área veio junto com a denominação São Lourenço da Mata apenas em 13 de junho de 1884, quando o distrito foi elevado à categoria de vila e desmembrado de Recife e Paudalho pela lei provincial nº 1.805. Em 10 de janeiro de 1890 foi instalada a vila, formada pelos distritos de São Lourenço da Mata e São Lourenço do Sul.

A Lei nº 1805 teve execução no regime republicano e de acordo com o decreto de 9 de janeiro de 1892 foi eleito em 21 de fevereiro e tomou posse em 25 de março do mesmo ano, o primeiro governo do município, formado pelo prefeito Temolião Duarte de Albuquerque Maranhão. Devido as instabilidades dos primeiros tempos da República, o primeiro governo foi dissolvido e já em 8 de novembro de 1892, o Dr. Francisco de Paulo Corrêa de Araújo assumiu a segunda administração municipal, passados apenas oito meses da primeira gestão.

Em 1º de julho de 1909 a vila foi elevada a condição de cidade e sede municipal, novamente com a denominação de São Lourenço da Mata, que desde 1854 teve anexado o distrito de Nossa Senhora da Luz, e ao de Camaragibe em 1908. Pelo decreto-lei estadual nº 235, de 09 de dezembro de 1938, o município de São Lourenço da Mata passou a denominar-se São Lourenço, voltando a antiga denominação apenas em 1943, pelo decreto-lei estadual nº 952. Em 1963, o distrito de Camaragibe foi elevado à categoria de município e desmembrado de São Lourenço da Mata. Já em 1964, foi extinto e anexado novamente a cidade, sendo desmembrado definitivamente apenas em 1982.

 Histórico dos Prefeitos

25/03/1892 – 25/08/1982 – TEMOLIÃO DUARTE DE ALBUQUERQUE MARANHÃO

08/11/1892 – 28/03/1893 – FRANCISCO DE PAULA CORRÊA DE ARAÚJO

28/03/1893 – 09/09/1893 – JUSTINO EPAMINONDAS DE ASSUNÇÃO NEVES

09/09/1893 – 15/11/1895 – FRANCISCO DE PAULA CORRÊA DE ARAÚJO

15/11/1895 – 15/11/1898 – FRANCISCO GOMES DE ARAÚJO SOBRINHO

15/11/1898 – 15/11/1901 – FRANCISCO DE PAULA CORRÊA DE ARAÚJO

15/11/1901 – 15/11/1904 – FRANCISCO GOMES DE ARAÚJO SOBRINHO

15/11/1904 – 20/07/1907 – FRANCISCO DE PAULA CORRÊA DE ARAÚJO

20/07/1907 – 20/09/1907 – JOSÉ DUARTE DE ALBUQUERQUE MARANHÃO

29/09/1907 – 15/11/1907 – FRANCISCO GOMES DE ARAÚJO SOBRINHO

15/11/1907 – 02/04/1908 – ADOLFO MORAIS DE ALBUQUERQUE MARANHÃO

03/04/1908 – 04/04/1910 – BELMIRO CORRÊA DE ARAÚJO

04/04/1910 – 01/09/1910 – ADOLFO MORAIS DE ALBUQUERQUE MARANHÃO

02/09/1910 – 15/11/1910 – BELMIRO CORRÊA DE ARAÚJO

15/11/1910 – 10/07/1912 – HENRIQUE CAVALCANTI DE QUEIROZ MONTEIRO

11/07/1912 – 30/09/1912 – JOAQUIM MOREIRA DE PAIVA

30/12/1912 – 15/11/1913 – DINIZ PERILO DE ALBUQUERQUE MELO

15/11/1913 – 15/11/1916 – MARCOS PÊSSOA DE MELO

15/11/1916 – 15/11/1919 – HERMINO MOREIRA DIAS

15/11/1919 – 16/02/1922 – FRANCISCO GOMES DE ARAÚJO SOBRINHO

16/02/1922 – 07/09/1923 – ANTÔNIO DE ARAÚJO BELTRÃO

07/09/1923 – 15/09/1925 – LUIZ FRANCISCO CORRÊA DE ARAÚJO

15/11/1925 – 12/07/1927 – FRANCISCO TAVARES DE MOURA

13/07/1927 – 15/11/1928 – JOÃO CLÍMACO DE MIRANDA

15/11/1928 – 16/10/1930 – LEÔNCIO GOMES DE ARAÚJO

17/10/1930 – 15/08/1936 – RENATO CARNEIRO DA CUNHA

15/08/1936 – 06/12/1937 – APOLÔNIO JORGE DE FARIAS SALES

08/12/1937 – 18/09/1944 – ANACLETO ALVES DA SILVA

23/11/1944 – 16/11/1947 – LUIZ FRANCISCO CORRÊA DE ARAÚJO

16/11/1947 – 16/11/1951 – MÁRIO HENRIQUES MAFRA

1955 – FERNANDO CORRÊA DE ARAÚJO

1959 – JOSUÉ PEREIRA DE OLIVEIRA

1963 – JOSÉ LAPENDA FILHO

1968 – FERNANDO CORRÊA DE ARAUJO

1972 – JOSÉ LAPENDA FILHO

1976 – JOSUÉ PEREIRA DE OLIVEIRA

1982 – JOSÉ LAPENDA FILHO

1988 – ETTORE LABANCA

1992 – ANTÔNIO CÂNDIDO BARBOSA

1996 – ETTORE LABANCA

2000 – JAIRO PEREIRA DE OLIVEIRA

2004 – JAIRO PEREIRA DE OLIVEIRA

04/2008 – 12/2008 – TITO PEREIRA DE OLIVEIRA

2009 – 2015 – ETTORE LABANCA

08/2015 a 12/2016 – ANGELO LABANCA ALBANEZ FILHO (GINO)

01/01/2017 a 31/12/2020 - BRUNO PEREIRA 

Avalie o conteúdo desta página!

Enviando Comentário Fechar :/